Valores aguardam saque para milhões no Brasil; verifique se você está na lista!

Valores aguardam saque para milhões no Brasil; verifique se você está na lista!

Muitos cidadãos brasileiros têm valores pendentes para resgatar, e possivelmente não estão cientes. Descubra como você pode reivindicar esses recursos!

Um grande número de brasileiros tem quantias para serem reclamadas e possivelmente ainda não descobriu. A razão é que muitos deixaram valores nas mãos de instituições financeiras, como bancos e grupos de consórcio. Dessa forma, tanto indivíduos quanto empresas têm a possibilidade de obter esse reembolso.

O Banco Central revela que cerca de R$ 7,2 bilhões aguardam para serem devolvidos aos seus proprietários. A principal autoridade monetária do país fornece uma ferramenta para identificar quem tem direito a esses valores. Continue lendo para entender!

Ler também: Saiba tudo sobre o Valores a Receber

Banco Central divulga dados sobre recursos pendentes

Na última segunda-feira (11), o Banco Central publicou atualizações sobre os cidadãos que têm recursos não reclamados em diversas entidades financeiras. Portanto, 28,8 milhões de indivíduos têm direito a valores entre R$ 0 e R$ 10.

Outros 11,6 milhões têm a chance de obter até R$ 100. Adicionalmente, 4,6 milhões de brasileiros deixaram até R$ 1 mil em entidades como bancos e consórcios. E, 814 mil têm a capacidade de reivindicar quantias superiores a R$ 1 mil. O montante completo disponível para esses cidadãos é de R$ 7.298.565.460,01.

Entretanto, o Banco Central já fez a devolução de R$ 4.707.519.072,75. Dessa quantia, 14,9 milhões de indivíduos reivindicaram R$ 3,4 bilhões. No segmento empresarial, 649 mil obtiveram de volta R$ 1,2 bilhões.

Como utilizar a plataforma do Banco Central?

Ler também: Real Digital: Governos Avaliam Modificações nos Pagamentos de Benefícios. Entenda!

O Banco Central oferece uma ferramenta gratuita denominada “Valores a Receber”. Para verificar a disponibilidade de recursos, o usuário precisa fornecer detalhes como CPF ou CNPJ e a data de aniversário. O acesso ocorre digitalmente pelo site oficial.

Contudo, para efetuar o resgate, o solicitante deve possuir um perfil no gov.br. Se ainda não tiver, pode registrá-lo no site ou via aplicativo para Android e iOS.

O reembolso se realiza através do Pix. Uma vez feito o pedido, a entidade financeira correspondente assume a operação. A finalização desse processo geralmente dura cerca de 12 dias.