Loading...
0%

Prejuízo de R$ 1,5 milhões no INSS: Fraude está sob mira da Polícia Federal

Prejuízo de R$ 1,5 milhões no INSS: Fraude está sob mira da Polícia Federal

Escândalo de fraude no INSS de milhões! A Polícia Federal está rastreando um esquema de falsificação de documentos que gerou um prejuízo de R$ 1,5 milhões. Saiba mais!

Fraudes causam danos significativos ao sistema previdenciário, impactando inúmeras pessoas que confiam nos benefícios do INSS. Nesse contexto, a Polícia Federal (PF) está executando hoje a Operação Quarteto Fantasma, no Rio de Janeiro.

Seu objetivo é desmantelar um golpe no INSS que gerou uma perda calculada em R$ 1,5 milhões ao erário público. Até agora, a PF cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em endereços nas cidades de Três Rios e São João de Meriti.

Fraude no INSS: uso indevido de documentos para obter pensão

O esquema do grupo envolvia a aquisição ilícita de dados de pessoas falecidas. Com essas informações, conseguiam requerer fraudulentamente benefícios previdenciários.

Ler também: Governo CONFIRMA retorno de Benefício importante; confira quem será contemplado

Por meio da falsificação de papéis, eles abriam contas bancárias e solicitavam empréstimos consignados no teto máximo permitido pelo banco.

A investigação identificou também que o grupo usava documentos falsos com a intenção de adicionar o tempo necessário para a concessão de benefícios previdenciários. Como resultado, ganhavam vantagens indevidas, prejudicando o tesouro público.

Repercussões para os participantes

As autoridades estão determinadas a investigar e punir os responsáveis por essa fraude no INSS. Os delitos de estelionato previdenciário, falsificação de documento público, uso de documentação falsa e associação criminosa são graves e constituem um desafio ao sistema previdenciário.

Se os culpados forem condenados, enfrentarão penas adequadas à severidade dos crimes cometidos, que podem ir até 26 anos e 8 meses de detenção. Isso reflete a seriedade com que as autoridades lidam com tais crimes.

Relevância da defesa do sistema previdenciário

De acordo com a Polícia Federal, a investigação preveniu um prejuízo de R$ 6 milhões. Portanto, a Operação Quarteto Fantasma tem como objetivo proteger os recursos públicos e garantir a correta destinação dos benefícios previdenciários.

Ler também: Saiba tudo sobre o Valores a Receber

Por fim, a PF continuará suas investigações para descobrir todos os envolvidos na fraude no INSS e tomar as ações apropriadas para puni-los. Além disso, o combate à corrupção e fraudes é uma prioridade, visando assegurar a transparência e integridade dos serviços públicos.