Loading...
0%

Funcionários Desfrutarão de Novo Benefício Mensal de R$ 2.100

Funcionários Desfrutarão de Novo Benefício Mensal de R$ 2.100

Os benefícios de saúde e educação, promulgados em 2022, apenas agora receberam ação concreta. Veja os detalhes!

Na reunião recente do Conselho Universitário (Consun), a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) anunciou que seus servidores finalmente começarão a receber os auxílios planejados no ano passado.

A Comissão de Acompanhamento e Monitoramento Econômico-Financeiro do Regime de Recuperação Fiscal (Comisarrf) anteriormente não havia dado o sinal verde para tais benefícios. No entanto, agora os auxílios estão bem delineados, conforme explicado a seguir.

Considerações sobre a liberação

A Lei 9.602/2022 criou uma condição favorável para a concessão dos auxílios, incluindo a fusão do Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (Uezo) à Uerj.

Com o objetivo de preservar os direitos dos funcionários vindos da Uezo e garantir igualdade entre todos, a lei determinou que o reitor normatize os benefícios indenizatórios.

Ler também: Saiba tudo sobre o Valores a Receber

A Uerj manterá os cursos da Uezo no novo Campus Uerj – Zona Oeste, ligando-os ao Centro Biomédico e ao Centro de Tecnologia e Ciências. As aulas continuarão acontecendo nas instalações do Instituto de Educação.

Mário Carneiro, reitor da Uerj, celebrou a aprovação, destacando-a como uma grande conquista para a comunidade acadêmica. Ele reconhece o papel decisivo do ex-reitor da universidade, Ricardo Lodi, que assinou os atos executivos logo após a aprovação da Lei 9.602/2022.

Recebendo os auxílios e como solicitá-los

A Uerj pagará auxílios para saúde e educação a seus funcionários. Cada auxílio terá um valor de R$900, e o auxílio educação será válido para cada dependente do servidor, entre 7 e 24 anos. No entanto, existe um limite de R$2.100 por mês para os auxílios que um servidor pode receber.

Para solicitar esses benefícios, o servidor precisará preencher um formulário de inscrição que a Uerj publicará em breve. Este formulário oficializará a solicitação, e deverá ser apresentado com a certidão de nascimento do dependente e uma declaração de matrícula em uma instituição de ensino para verificação.

Ler também: Reestruturação do Bolsa Família? Compreenda as modificações com a atual MP