Universo dos Cartões
0%

Voa Brasil: Passagens Aéreas por R$ 200 Governo Oferece Promoção até 31/08 para Brasileiros

Voa Brasil: Passagens Aéreas por R$ 200 Governo Oferece Promoção até 31/08 para Brasileiros

O Governo Federal está prestes a introduzir um programa que visa tornar as passagens aéreas mais acessíveis neste mês. Descubra mais! O Governo Federal prepara um programa inovador cuja estreia está prevista para este mês de agosto. O projeto chamado “Voa, Brasil” propõe fornecer passagens aéreas aos cidadãos brasileiros por uma taxa fixa de R$ 200.

A atual gestão do Ministério de Portos e Aeroportos lidera essa iniciativa. A meta é ampliar o alcance das viagens aéreas entre os brasileiros. Veja mais detalhes sobre esta proposta a seguir.

“Voa, Brasil” oferecerá voos a R$ 200

Ler também: Consulte Agora o Calendário Oficial do Vale-Gás para Agosto 2023: Quem Receberá e Quando

Segundo Márcio França, ministro responsável, em declaração à mídia, o programa manterá o cronograma estabelecido. Isso significa que a data de lançamento do “Voa, Brasil” permanece inalterada e está prevista para 31 de agosto.

Aposentados e pensionistas serão os primeiros a se beneficiar desta fase inicial de viagens aéreas. Conforme as estimativas do ministério, a expectativa é que, com o tempo, o programa distribua entre 50 mil a 1,5 milhão de bilhetes mensalmente.

Além disso, o “Voa, Brasil” tem como objetivo aproveitar os assentos não vendidos durante os meses de baixa demanda. A previsão é que o programa alcance sua capacidade total em aproximadamente um ano.

Como garantir voos econômicos pelo Programa?

Ler também: Desenrola Brasil: Renegociações de Dívidas Antecipadas por Grandes Lojas

As companhias aéreas envolvidas, incluindo Gol, Latam, Azul e Voepass, fornecerão as passagens. O Ministério de Portos e Aeroportos já confirmou a participação dessas empresas, que operarão sem investimentos governamentais.

Portanto, os interessados terão acesso através de um aplicativo específico. Conforme França mencionou, “Se [o indivíduo] não viajou nos últimos 12 meses, ele poderá adquirir até quatro passagens”. Os primeiros beneficiários serão, como mencionado, os aposentados e pensionistas.

Além disso, estudantes e funcionários públicos com rendimentos até R$ 6,8 mil serão os próximos grupos a se beneficiar deste programa em um futuro próximo.