Loading...
0%

Surpresa no Calendário Bolsa Família junho 2023: NIS 1 recebe a primeira parcela antes do previsto!

Surpresa no Calendário Bolsa Família junho 2023: NIS 1 recebe a primeira parcela antes do previsto!

Para os beneficiários com NIS terminando em 1, a primeira parcela do benefício do Bolsa Família para junho de 2023, no valor de R$ 862,19, será antecipada. Com isso, os beneficiários do programa podem planejar suas necessidades financeiras com maior tranquilidade.

O período de inscrição para receber R$ 1.000 da Caixa começa na terça-feira (20).

Confira o calendário do Bolsa Família 2023 para junho:
Final do Nis 1: 19/06/2023
Final do Nis 2: 20/06/2023
Final do Nis 3: 21/06/2023
Final do Nis 4: 22/06/2023
Final do Nis 5: 23/06/2023
Final do Nis 6: 26/06/2023
Final do Nis 7: 27/06/2023
Final do Nis 8: 28/06/2023
Final do Nis 9: 29/06/2023
Final do Nis 0: 30/06/2023

Como se tornar elegível para receber o benefício?
A jornada começa com a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Isso ocorre porque é o primeiro passo para ingressar no programa Bolsa Família e outros benefícios sociais oferecidos pelo estado. Em seguida, o responsável familiar deve procurar um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) em seu município.

No CRAS, especialistas auxiliam no processo de inclusão das famílias no Cadastro Único e acompanham todo o procedimento. No entanto, é fundamental levar os documentos necessários, como documento de identidade, comprovante de residência, CPF, título de eleitor, certidão de nascimento e de casamento.

Além disso, todos os membros da família que serão incluídos no Bolsa Família também devem providenciar seus respectivos documentos. Por fim, o Ministério da Cidadania avaliará a elegibilidade da família para o programa Bolsa Família, determinando se ela atende aos critérios necessários para o recebimento do benefício.

O atual presidente Luiz Inacio Lula da Silva (PT) criou o Bolsa Família em 2003, continuando seu propósito de combater a pobreza em todo o Brasil. Assim, o programa de transferência direta de renda fornece um suporte essencial a famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.