Loading...
0%

Surpresa no Caixa Tem para Grupo Específico do CadÚnico – Imperdível

Surpresa no Caixa Tem para Grupo Específico do CadÚnico – Imperdível

Nesta quarta-feira (26), a Caixa Econômica Federal disponibiliza a parcela de julho do Bolsa Família para muitos beneficiários. A semana teve início com excelentes notícias para os beneficiários deste programa social, marcada pela transferência de recursos para inúmeras famílias assistidas.

As distribuições do Bolsa Família feitas pela Caixa ocorrem nos últimos 10 dias úteis de cada mês. Em resumo, o pagamento é feito de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários. Assim, um novo grupo tem acesso aos fundos em suas contas a cada dia útil.

Hoje (26), os beneficiários com NIS terminando em 7 receberam o pagamento da nova parcela do Bolsa Família. O valor mensal do benefício tem aumentado nos últimos meses, com algumas famílias recebendo parcelas superiores a R$ 1.000.

Bolsa Família concede R$ 600 aos beneficiários no Caixa Tem

Ler também: Bolsa Família: Novas opções de empréstimo disponível pelo Caixa Tem

Segundo as normas do Bolsa Família, os usuários recebem R$ 142 através do Benefício de Renda de Cidadania. No entanto, esse benefício não é o único que determina o montante pago às famílias mensalmente.

Por exemplo, as famílias unipessoais, ou seja, compostas por uma única pessoa, teriam direito a R$ 142 por mês. No entanto, o Governo Federal complementa o montante da parcela para alcançar um pagamento mínimo de R$ 600 para cada usuário do Bolsa Família.

Vale lembrar que o Benefício de Renda de Cidadania considera todas as pessoas que compõem a família e que estejam registradas no Cadastro Único (CadÚnico).

Portanto, uma família composta por dois adultos e duas crianças, por exemplo, terá direito a R$ 568 (R$ 142 x 4) por mês. Contudo, como o governo complementa o valor, a parcela mínima paga pela Caixa sempre será de R$ 600.

Isso só não ocorrerá para os beneficiários do Bolsa Família que contrataram o Auxílio Consignado anteriormente. Em resumo, os descontos do empréstimo são aplicados diretamente sobre o valor do benefício, ou seja, algumas famílias podem receber menos de R$ 600 no país.

Benefícios extras do Bolsa Família no Caixa Tem

O Bolsa Família tem uma parcela mínima garantida, mas não há regras que definam um limite máximo. Em outras palavras, os beneficiários podem receber muito mais do que R$ 600, o que tem ocorrido nos últimos meses graças a benefícios adicionais concedidos aos segurados do programa.

Abaixo estão os benefícios adicionais do Bolsa Família:

  • Benefício Primeira Infância: desde março de 2023, o governo tem efetuado o pagamento de R$ 150 por criança de até seis anos.
  • Benefício Variável Familiar: garante o pagamento de um valor adicional de R$ 50 a crianças e jovens de sete a 18 anos, bem como a gestantes e lactantes que compõem a família.

Como receber mais de R$ 600?

De acordo com as regras do Bolsa Família, cada benefício adicional se destina a um grupo específico de pessoas. Portanto, as famílias podem receber todos eles cumulativamente. De fato, vale ressaltar que não é necessário fazer um novo cadastro para receber os benefícios adicionais. Isso ocorre por meio das informações que o governo acessa através do CadÚnico.

Assim, se a família tiver mais de uma criança com até seis anos, ou gestantes e lactantes, todas terão direito a receber o valor do benefício. Isso explica por que vários usuários estão recebendo muito mais do que R$ 600 todos os meses.

Ao considerar uma família composta por dois adultos e três crianças de 2, 5 e 6 anos, o valor do benefício superará R$ 1.000. A família terá direito à parcela mínima de R$ 600, acrescida de R$ 150 por cada criança de até seis anos (R$ 150 x 3 = R$ 450). O valor total chega a R$ 1.050 (R$ 600 + R$ 450).

Se a família tiver mais membros que se qualifiquem para receber outros benefícios adicionais, o valor da parcela mensal será ainda maior. Para saber qual valor cada família receberá, basta acessar o aplicativo Caixa Tem e verificar o extrato do benefício, que informa se a parcela foi liberada ou bloqueada, bem como o valor a ser recebido no mês.

Calendário de pagamentos de julho

Ler também: Saque do Bolsa Família sem Documentos choca brasileiros

A Caixa Econômica iniciou o pagamento da parcela de julho do Bolsa Família na semana passada. Os repasses continuarão até o final do mês, beneficiando um novo grupo a cada dia útil.

Veja abaixo o calendário de pagamentos do Bolsa Família de julho de 2023:

  • NIS terminando em 1: dia 18 de julho (LIBERADO);
  • NIS terminando em 2: dia 19 de julho (LIBERADO);
  • NIS terminando em 3: dia 20 de julho (LIBERADO);
  • NIS terminando em 4: dia 21 de julho (LIBERADO);
  • NIS terminando em 5: dia 24 de julho (LIBERADO);
  • NIS terminando em 6: dia 25 de julho (LIBERADO);
  • NIS terminando em 7: dia 26 de julho (LIBERADO);
  • NIS terminando em 8: dia 27 de julho (LIBERADO);
  • NIS terminando em 9: dia 28 de julho;
  • NIS terminando em 0: dia 31 de julho.

Por fim, o NIS permite ao Governo Federal identificar os cidadãos que recebem benefícios sociais no país. Portanto, é essencial prestar atenção aos