Universo dos Cartões
0%

Quem pode receber os R$ 15 mil do Auxílio Brasil?

Quem pode receber os R$ 15 mil do Auxílio Brasil?

Recentemente, uma sentença judicial destacou o tema de uma compensação no valor de R$ 15 mil destinada aos beneficiários do Auxílio Brasil. Esta indenização surgiu após o vazamento de dados pessoais de aproximadamente quatro milhões de indivíduos, devido a uma falha no sistema.

Neste contexto, a Caixa Econômica Federal, que administra o programa Auxílio Brasil, foi a responsável pelo incidente. Em consequência, a instituição financeira recebeu uma sentença para indenizar cada pessoa afetada com a quantia de R$ 15 mil.

Veja mais: Saque-aniversário do FGTS: como funciona?

Auxílio Brasil 

O Auxílio Brasil surgiu no final de 2021, substituindo o Bolsa Família, enfrentou desafios em 2022, incluindo falhas no Cadastro Único e um aumento no número de beneficiários. Este episódio de vazamento de dados reforça a importância da segurança de informações em programas sociais de grande escala.

Como ter acesso à indenização do Auxílio Brasil?

Para verificar se você tem direito à indenização do Auxílio Brasil, você pode seguir estes passos:

  • Acesse o site do Instituto Sigilo para fazer uma consulta sobre a indenização;
  • Forneça as informações necessárias, como nome, e-mail, CPF e telefone;
  • Aguarde a análise e confirmação de que seus dados foram vazados e que você está elegível para a indenização.

Sobre o valor

A questão sobre quando os beneficiários vão receber o valor é uma incerteza presente neste cenário. O Instituto Sigilo destaca que, embora haja boas chances de sucesso, não há garantia absoluta de que as pessoas receberão o dinheiro. Este é um processo legal, e é fundamental entender que pode levar algum tempo até que o pagamento de fato aconteça.

Além disso, caso a indenização aconteça, o cidadão deverá buscar a execução da sentença após o término do processo, contando com o auxílio de um advogado. Segundo informações do Instituto do Sigilo, aproximadamente 471 mil pessoas estão elegíveis para receber a indenização, indicando que todas enfrentaram a situação em questão. 

Assim, é importante destacar que a metodologia utilizada pelo instituto para obter esses dados não foi divulgada. 

Contudo, o que se sabe é que a missão da organização é estabelecer contato com a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para cadastrar profissionais.

Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil