Universo dos Cartões
0%

MUDANÇA no Bolsa Família em Setembro afetará MILHARES de beneficiários

MUDANÇA no Bolsa Família em Setembro afetará MILHARES de beneficiários

Todos devem seguir as diretrizes do programa. Atualmente, o renovado Bolsa Família beneficia mais de 20 milhões de famílias em vulnerabilidade social. Elas se registraram no Cadastro Único (CadÚnico) para obter o auxílio. Entretanto, é essencial seguir um conjunto de diretrizes para assegurar a continuação deste apoio às famílias.

Cumprir as normas do programa torna-se vital, já que o Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome, responsável pelo programa, faz verificações mensais nos registros. Eles conduzem esta análise para garantir a adesão a tais requisitos. Se uma família não atender às exigências, o programa pode excluí-la dos pagamentos, interrompendo definitivamente as transferências.

Portanto, aderir aos padrões e critérios do programa é essencial para assegurar a continuidade do auxílio. Isso engloba seguir os procedimentos de registro, manter-se nos limites de renda estabelecidos e atualizar regularmente as informações cadastrais. Cumprindo estas normas, as famílias têm a oportunidade de manter o suporte financeiro pelo Bolsa Família.

Diversos indivíduos perderam o Benefício em agosto

Ler também: Saque do Bolsa Família sem Documentos choca brasileiros

Em agosto, um critério específico levou ao bloqueio ou até remoção de várias famílias do novo Bolsa Família. Este critério refere-se à inscrição e assiduidade escolar dos jovens. Segundo as normas do programa, todos os menores entre sete e dezoito anos devem estar ativos na escola para que a unidade familiar continue a receber a ajuda mensal.

Vale frisar que o governo pode conferir, utilizando a base de dados do Ministério da Educação, se esses jovens frequentam regularmente as aulas. O programa determina que crianças de quatro a seis anos devem ter, pelo menos, 60% de presença nas aulas para manter o benefício. Simultaneamente, para jovens de sete a dezoito anos, a frequência mínima é de 75%.

Por exemplo, na cidade de Ibaté, em São Paulo, 143 famílias alertadas em agosto sobre a importância de visitar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) local. Elas buscaram entender as razões das faltas significativas dos jovens. Esta ação busca evitar a interrupção dos pagamentos.

Vale salientar que esta situação ocorre em todas as cidades brasileiras durante o mês de agosto. Os beneficiados pelo Bolsa Família convocados para esclarecimentos devem apresentar provas, como atestados médicos, para justificar as ausências dos estudantes. Por isso, é fundamental estar atento às comunicações do aplicativo do programa e seguir as instruções para evitar complicações com o auxílio.

Calendário do Bolsa Família para agosto

Ler também: Bolsa Família: Novas opções de empréstimo disponível pelo Caixa Tem

Lembrando que os pagamentos de agosto do Bolsa Família começaram no último dia 18. Contudo, as transferências ocorrem de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiado, continuando até 31 de agosto. Veja o cronograma completo:

  • Beneficiários com NIS terminando em 1 – transferência em 18 de agosto;
  • Beneficiários com NIS terminando em 2 – transferência em 21 de agosto (disponíveis no sábado, 19/08);
  • Beneficiários com NIS terminando em 3 – transferência em 22 de agosto;
  • Beneficiários com NIS terminando em 4 – transferência em 23 de agosto;
  • Beneficiários com NIS terminando em 5 – transferência em 24 de agosto;
  • Beneficiários com NIS terminando em 6 – transferência em 25 de agosto;
  • Beneficiários com NIS terminando em 7 – transferência em 28 de agosto (disponíveis no sábado, 26/08);
  • Beneficiários com NIS terminando em 8 – transferência em 29 de agosto;
  • Beneficiários com NIS terminando em 9 – transferência em 30 de agosto;
  • Beneficiários com NIS terminando em 0 – transferência em 31 de agosto.

Assim, os beneficiados pelo Bolsa Família podem verificar o calendário acima para saber a data exata de suas transferências. É crucial prestar atenção às datas associadas ao NIS para garantir que receberão o auxílio no período estabelecido.