Loading...
0%

Leilão da Receita Federal: veja os itens disponíveis

Leilão da Receita Federal: veja os itens disponíveis

A Receita Federal está organizando um leilão que promete ser uma grande oportunidade para adquirir produtos de alta qualidade a preços acessíveis. Marcado para o dia 30 de janeiro, o leilão inclui 74 lotes com uma variedade de itens. Assim, é possível encontrar desde smartphones e câmeras até carros, com lances iniciais que vão de R$ 200 a R$ 250 mil. 

Este evento, realizado pela Alfândega da Receita Federal em Ribeirão Preto, é uma chance única para pessoas físicas e jurídicas adquirirem bens apreendidos ou abandonados a preços competitivos.

Então, veja a seguir todos os detalhes sobre o novo evento da Receita Federal e saiba como participar.

Veja mais: Mega-Sena acumula mais uma vez: prêmio chega a R$ 31 milhões

Sobre os itens do leilão 

Entre os destaques do leilão, estão dispositivos eletrônicos como iPhones e fones de ouvido, além de uma vasta quantidade de displays para celulares. O lote 46, por exemplo, inclui um iPhone 11 Pro 68GB, um iPhone Pro Max 256GB e um fone de ouvido, com um lance mínimo de R$ 1 mil. 

O lote mais caro, de número 12, oferece mais de 20 mil displays para celulares, com um lance mínimo de R$ 250 mil. Esses itens representam uma oportunidade incrível para quem busca tecnologia de ponta a preços reduzidos.

Como participar? 

Para participar do leilão, os interessados devem se cadastrar no e-CAC e ter um nível de autenticação ouro ou prata no portal Gov.br. 

As propostas podem ser feitas através do Sistema de Leilão Eletrônico a partir do dia 25 de janeiro até as 21h do dia 29 de janeiro. 

Além disso, a sessão de leilão começará às 9h do dia 30, com a classificação e ordenação das propostas, e os lances podem acontecer a partir das 10h. Este processo é uma excelente oportunidade para adquirir itens de alta qualidade a preços mais baixos do que o mercado.

Aproveite essa oportunidade

É importante destacar que leilões como esse da Receita Federal podem ser uma excelente oportunidade para fazer bons negócios. 

No entanto, é importante lembrar que os bens são vendidos no estado em que se encontram, o que pode implicar em eventuais reparos ou manutenções. Os interessados devem estabelecer um limite de quanto estão dispostos a gastar e não ultrapassar esse valor durante o leilão para garantir que a compra seja vantajosa.

Imagem: Agência Brasil