Loading...
0%

Ibovespa Fecha em Alta com IRB (IRBR3) em Destaque

Ibovespa Fecha em Alta com IRB (IRBR3) em Destaque

O Ibovespa, principal índice da bolsa brasileira, encerrou a sessão desta terça-feira (21) em alta de 1,31%, aos 128.262,52 pontos. A alta foi impulsionada pela valorização das commodities, como o petróleo e o minério de ferro, e pela recuperação de empresas do setor de varejo.

As ações da IRB (IRBR3) dispararam 10,60%, liderando os ganhos do Ibovespa. A alta foi impulsionada pela divulgação do lucro líquido de R$ 24 milhões da empresa no mês de novembro de 2023, revertendo o prejuízo de R$ 104 milhões registrado no mesmo período do ano anterior.

Outras altas na Ibovespa

  • Petrobras (PETR3; PETR4): subiram 3,32% e 2,82%, respectivamente, após a alta do petróleo no mercado internacional;
  • Vale (VALE3): subiu 2,73%, acompanhando a valorização do minério de ferro na bolsa de Dalian, na China;
  • Empresas de varejo: Magazine Luiza (MGLU3), Lojas Renner (LREN3) e Via (VIIA3) subiram entre 2,5% e 4%, em recuperação após as quedas recentes.

Baixas na Bolsa

  • Empresas de saúde: Fleury (FLRY3) e Hapvida (HAPV3) caíram 2,34% e 1,82%, respectivamente, após a divulgação de resultados abaixo das expectativas do mercado;
  • Embraer (EMBR3): caiu 1,54%, após a empresa anunciar a suspensão das entregas de jatos para a Rússia.

Análise

  • Analistas: acreditam que o Ibovespa pode continuar subindo nos próximos dias, impulsionado pela recuperação da economia brasileira e pela alta das commodities;
  • Riscos: a guerra na Ucrânia e a inflação global podem afetar o desempenho do mercado.

Investidores

Especialistas recomendam diversificar os investimentos e buscar oportunidades em diferentes setores da economia.

Fatores Adicionais que Influenciaram o Mercado

  • Juros: A curva de juros futuros apresentou queda, com a taxa do DI para janeiro de 2024 recuando de 13,75% para 13,65%. A queda dos juros pode estimular o investimento e o consumo, impactando positivamente o mercado de ações;
  • Câmbio: O dólar comercial fechou em queda de 0,84%, cotado a R$ 5,15. A desvalorização da moeda americana pode beneficiar as empresas que exportam seus produtos, pois aumenta a competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional;
  • Exterior: As bolsas de valores internacionais também subiram nesta terça-feira, com o índice S&P 500, que reúne as 500 maiores empresas dos Estados Unidos, avançando 1,47%. A alta das bolsas internacionais pode ter influenciado positivamente o Ibovespa;
  • Volume financeiro: O volume financeiro negociado na B3 nesta terça-feira foi de R$ 32,2 bilhões, um pouco abaixo da média dos últimos dias;
  • Setor de maior alta: O setor de commodities foi o que mais subiu nesta terça-feira, com alta de 2,43%;
  • Setor de maior queda: O setor de saúde foi o que mais caiu nesta terça-feira, com queda de 1,25%.

O Ibovespa fechou em alta nesta terça-feira, impulsionado pela valorização das commodities, pela recuperação de empresas do setor de varejo e pela queda dos juros. A alta do índice indica que os investidores estão mais confiantes na economia brasileira.

Imagem: Reprodução Internet