Universo dos Cartões
0%

Desenrola Brasil: prazo está chegando ao fim

Desenrola Brasil: prazo está chegando ao fim

O Desenrola Brasil é um programa do governo federal que surgiu este ano e já ajudou muita gente. Isso porque o foco do programa é quitar as dívidas das pessoas oferecendo descontos surpreendentes. 

Contudo, é preciso ficar muito atento, já que a fase de negociações do programa já está terminando. Assim, confira até quando o programa estará disponível e saiba como quitar sua dívida! 

Veja mais: Conheça os destinos mais procurados para o Réveillon 2024

Até quando vai o programa? 

É importante destacar que o programa foi separado em etapas e está programado para terminar em 31 de dezembro. Portanto, para aqueles que enfrentam endividamento, resta um mês para buscar soluções para a situação. 

Nova fase do Desenrola Brasil 

O Desenrola Brasil anunciou uma nova fase de negociações que vai renegociar dívidas mais altas, entre R$ 5 mil e R$ 20 mil.

Portanto, quem se interessar tem até 30 de dezembro para acessar o site e acertar os débitos, visto que depois deste prazo a dívida só poderá ser quitada à vista. Então, fique atento e não perca essa vantagem de parcelamento, visto que ela vai durar pouco tempo. 

Além disso, é importante mencionar que para acessar os descontos especiais é necessário ter cadastro no Portal Gov.br e uma conta nível prata ou ouro, bem como os dados cadastrais atualizados. 

Como faço para quitar minha dívida?

Os métodos de pagamento podem variar conforme o montante devido por cadaum. Dessa forma, para aqueles que possuem débitos de até R$ 5 mil, existe a oportunidade de parcelamento, desde que as prestações não sejam inferiores a R$ 50.

Outro aspecto relevante é que o vencimento da primeira parcela da renegociação ocorre 30 dias após a assinatura do contrato.

Veja as demais opções de pagamento disponibilizadas pela plataforma para os brasileiros:

  • Débito em conta corrente;
  • Emissão de boleto bancário por e-mail;
  • Utilização do Pix para quem optar pelo pagamento à vista.

Imagem: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil