Universo dos Cartões
0%

Bolsa Família: pagamentos começam na semana que vem

Bolsa Família: pagamentos começam na semana que vem

Os pagamentos do Bolsa Família deste mês vão começar na semana que vem, na segunda-feira. Então, os beneficiários de NIS final 1 vão receber primeiro e neste mês haverá, ainda, o valor do Auxílio Gás

Desse modo, veja o calendário completo do benefício deste mês e saiba como os pagamentos funcionam no Bolsa Família. 

Veja mais: Itaú surpreende e muda o logo; confira

Calendário de dezembro 

Assim como nos outros meses, o pagamento do Auxílio Gás será feito junto com a parcela do Bolsa Família. Desse modo, confira as datas: 

  • NIS final 1 – 11 de dezembro.
  • NIS final 2 – 12 de dezembro.
  • NIS final 3 – 13 de dezembro.
  • NIS final 4 – 14 de dezembro.
  • NIS final 5 – 15 de dezembro.
  • NIS final 6 – 18 de dezembro.
  • NIS final 7 – 19 de dezembro.
  • NIS final 8 – 20 de dezembro;
  • NIS final 9 – 21 de dezembro;
  • NIS final 0 – 22 de dezembro. 

Pagamentos 

O pagamento do Bolsa Família ocorre por meio do aplicativo Caixa Tem (Android e iOS), em uma conta Poupança Social Digital. 

Esta modalidade oferece a praticidade de movimentar o valor através do aplicativo de maneira rápida e descomplicada.Geralmente, o montante da parcela é creditado nas primeiras horas do dia. No entanto, é importante destacar que não há um horário específico definido para essa transação ocorrer.

Adicionais do Bolsa Família

No mês de outubro, o governo implementou uma extensão nos valores do Bolsa Família, concedendo um adicional de R$ 50 exclusivamente para mulheres que são mães de bebês com até seis meses de idade. Além disso, o programa contempla outros acréscimos financeiros, incluindo:

  • BPI (Benéfico Primeira Infância): garante um valor extra de R$ 150 por criança entre zero e sete anos;
  • BVF (Benefício Variável Familiar): adicional de R$ 50 para gestantes, crianças e adolescentes entre 7 e 18 anos;
  • BRC (Benefício de Renda de Cidadania): R$ 142 para cada pessoa da família;
  • BCO (Benefício Complementar): destinado para famílias que a soma dos benefícios não chega a R$ 600;
  • BET (Benefício Extraordinário de Transição): usado em casos específicos em que nenhum beneficiário receba menos do que recebia no programa.

Imagem: Agência Brasil