Loading...
0%

Beneficiários Alarmados: Pagamentos do Bolsa Família São Suspensos pelo Governo

Beneficiários Alarmados: Pagamentos do Bolsa Família São Suspensos pelo Governo

Beneficiários do Piauí enfrentaram cortes devido a problemas em seus registros. O Governo Federal continua a interromper os pagamentos aos participantes do Bolsa Família. Agora, aqueles afetados são do Piauí. Em resumo, aproximadamente 3 mil famílias foram excluídas do programa por falhas nos cadastros.

Por todo o Brasil, 934 mil participantes já enfrentaram a suspensão do Bolsa Família até julho, após a varredura promovida pelo Governo Federal. Esse esforço visa remover do programa aqueles com falhas no registro e que não atendem aos critérios exigidos.

Recentes reduções do Bolsa Família impactam inscritos do Piauí

Vale salientar que as ações tomadas pelo Governo Federal tiveram como objetivo parar os pagamentos àqueles que não aderem às normas do programa. Assim, novos grupos que verdadeiramente atendem aos critérios podem se qualificar.

Atualmente, o Piauí tem 622 famílias vinculadas ao Bolsa Família. Antes dos últimos cortes, o programa abrangia um total de 625.195 indivíduos no estado.

O Bolsa Família representa o principal programa de transferência de renda do país e assiste mais de 20 milhões de núcleos familiares. Para se juntar, a regra fundamental é possuir renda mensal individual de até R$ 218. Além disso, é crucial estar registrado no CadÚnico (Cadastro Único do Governo Federal para Benefícios Sociais).

As recentes ações governamentais basearam-se nas informações do CadÚnico. Portanto, se o núcleo familiar atende a todos os critérios e ainda assim teve o benefício cortado, é essencial buscar o CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) para atualizar seus registros.

Como se associar ao Bolsa Família?

Ler também: Saque do Bolsa Família sem Documentos choca brasileiros

Para aderir ao Bolsa Família, é mandatório ter renda familiar mensal de até R$ 218 por membro. Atendendo a esse critério, o líder familiar deve ir ao CRAS mais próximo para registrar sua família no CadÚnico.

Nesse sentido, deve apresentar seu documento pessoal e um documento de cada membro da família. Não há um registro exclusivo para o Bolsa Família. Apenas o cadastro no CadÚnico é necessário.

Após o registro, a família entra na fila de espera. Assim, precisa aguardar o próximo anúncio do Governo Federal, que outorga o auxílio automaticamente, baseando-se nas informações do sistema.

Diretrizes para manter os recebimentos

Além das normas de adesão ao Bolsa Família, o Governo Federal estabeleceu condições para a manutenção dos pagamentos. São diretrizes que os participantes devem seguir para assegurar os repasses mensais. Veja:

  • Manter atualizada a carteira de vacinação de menores, jovens e grávidas;
  • Infantes de 4 a 5 anos devem ter presença escolar de ao menos 60%;
  • Infantes de 6 anos em diante devem frequentar a escola pelo menos 75% do tempo;
  • Grávidas precisam realizar o pré-natal;
  • Assegurar o monitoramento nutricional de mulheres e crianças até 7 anos.

É crucial ressaltar que os associados precisam atualizar o CadÚnico sempre que houver alterações nos dados, como rendimentos ou quantidade de membros.

Além disso, é imprescindível realizar essa atualização a cada biênio, independentemente de haver ou não mudanças.

Caixa dará início aos repasses do Bolsa Família em breve

A Caixa Econômica Federal lançará esta semana uma nova sequência de repasses do Bolsa Família. Deste modo, os núcleos familiares receberão os montantes referentes a agosto conforme o cronograma oficial, que se baseia no último número do NIS (Número de Identificação Social) dos cadastrados.

Os pagamentos iniciam na próxima sexta-feira (18) para aqueles com NIS terminado em 1. A seguir, veja as datas:

  • Final de NIS 1: 18 de agosto;
  • Final de NIS 2: 21 de agosto;
  • Final de NIS 3: 22 de agosto;
  • Final de NIS 4: 23 de agosto;
  • Final de NIS 5: 24 de agosto;
  • Final de NIS 6: 25 de agosto;
  • Final de NIS 7: 28 de agosto;
  • Final de NIS 8: 29 de agosto;
  • Final de NIS 9: 30 de agosto;
  • Final de NIS 0: 31 de agosto.

Os beneficiados pelo Bolsa Família podem retirar os valores através dos terminais da Caixa, agências, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Também é viável retirar sem o cartão nos ATMs usando o código do aplicativo Caixa Tem.

Adicionalmente, pelo app, é possível gerenciar o valor sem sair de casa. Desta forma, os beneficiários podem fazer transferências, pix, pagar boletos e recarregar o celular, além de acessar variados serviços bancários.