Loading...
0%

Atenção: criminosos estão utilizando a atualização do CadÚnico para aplicar golpes; entenda

Atenção: criminosos estão utilizando a atualização do CadÚnico para aplicar golpes; entenda

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é o principal meio de entrada em programas assistenciais. Dessa forma, manter esse cadastro atualizado é de extrema importância. No entanto, nos últimos dias, um esquema de fraude tem afetado famílias de baixa renda inscritas no CadÚnico.

Assim, em Cambé, Região Metropolitana de Londrina, no Paraná, ao menos dez famílias denunciaram à secretaria municipal de Assistência Social o recebimento de mensagens suspeitas via WhatsApp e SMS, instruindo-as a realizar um novo cadastro através de um link, que na verdade é uma armadilha para coletar dados pessoais e sacar os valores dos benefícios, como Bolsa Família.

Como acontece o golpe do CadÚnico

Portanto, por meio do golpe, as vítimas são direcionadas a preencher suas informações em um site fake, através do qual os criminosos conseguem acesso aos dados pessoais necessários para executarem o saque indevido do dinheiro, usualmente fazendo uso do Pix. 

No entanto, vale lembrar que a atualização do CadÚnico ocorre exclusivamente de modo presencial, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou durante mutirões organizados pela secretaria. Dessa forma, não é possível fazer o recadastramento por meios digitais. 

Diante disso, as famílias afetadas devem fazer o registro de Boletim de Ocorrência (BO). Além disso, é preciso fazer um novo recadastramento para a regularização da situação junto à CAIXA Econômica Federal.

CadÚnico
Imagem: Arquivo/ Agência Brasil

Como proteger-se de golpes semelhantes

Por fim, para se proteger de golpes como o do CadÚnico, confira algumas dicas:

  • Desconfie de mensagens urgentes solicitando recadastramento ou atualização de dados através de links;
  • Procure realizar procedimentos oficiais sempre presencialmente e em órgãos oficiais;
  • Em caso de dúvida, contate diretamente a instituição responsável pelos benefícios;
  • Denuncie mensagens suspeitas e situações fraudulentas às autoridades competentes.

Enfim, o município de Cambé e os órgãos de assistência social estão em alerta para prevenir novos casos e orientar a população sobre como se proteger de fraudes.

Imagem: Arquivo/ Agência Brasil