Alerta da Serasa: brasileiros enfrentam desafios financeiros em 19 de setembro.

Alerta da Serasa: brasileiros enfrentam desafios financeiros em 19 de setembro.

Na terça-feira (19), a Serasa divulgou um estudo indicando desafios financeiros enfrentados pelos brasileiros em 2023. Saiba mais agora.

Na referida terça-feira (19), a Folha de S. Paulo publicou dados de uma análise da Serasa. Com isso, evidenciou-se um crescimento na inadimplência relacionada a contas básicas, como eletricidade, água e gás.

Em agosto de 2023, tais contas compuseram 1/4 do total de dívidas dos cidadãos. Esse índice marca o pico desde 2019. Adicionalmente, o estudo revelou que a inadimplência global teve um acréscimo em relação ao mês de julho.

Ler também: Desenrola Brasil: Surpreendente Nova Fase com Respostas Imediatas

Confira detalhes do relatório da Serasa sobre débitos pendentes

Em agosto, o país registrou um adicional de 320 mil inadimplentes, atingindo um total de 71,74 milhões de pessoas com restrições no registro da Serasa. Desses, a Serasa indica que 50,4% são do sexo feminino e 49,6% do sexo masculino.

A principal faixa etária afetada compreende os 41 aos 60 anos, respondendo por 35% do total. Em seguida, temos a faixa de 26 a 40 anos, com 34,5%. Desde o começo de 2023, a pendência em contas básicas cresceu aproximadamente 13,82%, conforme a Serasa.

A inadimplência se destaca majoritariamente em contas bancárias e cartões de crédito, somando cerca de 29,29% do total de débitos atrasados. Embora em junho houvesse uma tendência de declínio, a situação reverteu-se recentemente.

Iniciativa governamental almeja reduzir débitos pendentes

O Desenrola Brasil, projeto do Governo Federal, tem o propósito de facilitar a renegociação de dívidas para aqueles com pendências. Para setembro, a expectativa é que indivíduos da Faixa 1 iniciem conversas com as entidades envolvidas.

Ler também: Desenrola Brasil: Renegociações de Dívidas Antecipadas por Grandes Lojas

Desse modo, nesta fase, quem tem débitos até R$ 5 mil ou outras pendências bancárias, tem a chance de ajustar os montantes. Em breve, o Governo lançará uma plataforma para mediar os acordos, funcionando como um tipo de “licitação”. O foco se volta para quem ganha até 2 salários mínimos e está registrado no CadÚnico.

Concluindo, o programa, que já completou a etapa referente à Faixa 2, visa contribuir para a redução da inadimplência apontada nos dados da Serasa. Na etapa inicial, mais de 1,9 milhão de acordos se concretizaram pelo Desenrola.